Escrivinhando... - Graciliano Tolentino
Vez em quando eu sinto, em meus sonhos, o cheiro daquela terra gostosa...
CapaCapa
TextosTextos
E-booksE-books
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


FELIZ ANIVERSÁRIO, MÁRCIO AUGUSTO!

-Cordel do dia 03-04-2019-

Um mano, maluco beleza
Beleza, deitado na praça
De tudo, na vida, achando graça
Logo perto de uma fortaleza
Jamais representou ameaça
A não ser à tristeza

Um mano maluco pirado
Na praia, com viola na mão
Um celular com o “touch” quebrado
Dono de um lindo coração
O brother, emocionado
Fazia “joinha” com a mão

O mano contando histórias
Enquanto tragava o “evangelho”
Sua vida de dores e glórias
Fazia parecer que era mais velho
Por toda sua linda trajetória
E seu coração todo vermelho

O maluco viajou o Brasil
Com uma mochila, a viola
E sua mente a mil
Sem aceitar qualquer gaiola
Que lhe fizesse ser vil
Preferiu ser quilombola

Amigo, amigo meu...
Tanto que me ensinou na vida
E nem mesmo percebeu
A dor que foi sua partida
Porque quem o conheceu
Lembra de sua batida

Nas cordas de seu amigo
Deitado no braço que acolhe
Tons tirados de ouvido
Que toda agonia recolhe
Até hoje eu duvido
Que alguém os olhos não molhe

Márcio Augusto, guerreiro
Dono de tanto amor sincero
Meus parabéns verdadeiros
Por muitos anos, espero
Xará, poeta brasileiro
Criado por Deus com muito esmero!

Graciliano Tolentino
03-04-2019
Graciliano Tolentino
Enviado por Graciliano Tolentino em 03/04/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários