Escrivinhando... - Graciliano Tolentino
Vez em quando eu sinto, em meus sonhos, o cheiro daquela terra gostosa...
CapaCapa
TextosTextos
E-booksE-books
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


AMIGO EXISTE!

-Crônica do dia 16-01-2019-

Durante muito tempo tive de ser forte além dos meus limites, apenas para fazer o que fazia muito melhor quando estava rodeado de amigos.

Tem um trauma que eu carrego comigo e estou tentando curar. Minha mãe e minha avó e minhas tias, TODAS diziam e dizem:

- NÃO EXISTE AMIGO! AMIGO SÓ SERVE PRA TE LEVAR PARA O BURACO!

É... Em caixa alta mesmo... Gritar é a essência da forma de conversar de minha família. Eu mesmo gritei por muito tempo... Fui deselegante por muito tempo... Ofensivo por muito tempo...

Arrogante por muito tempo... Presunçoso... Mandão...

Coisa típica de família de descendente de negros escravizados, indígenas caçadas no mato, como se fossem animais, e, europeus mercenários...

Por estes dias estávamos conversando, um tio meu, um primo e o marido de uma prima minha.

Meu tio, sabemos por qual motivo, mesmo sendo um homem estudioso, com bom vocabulário, exímio leitor e posso chamá-lo, até, de filósofo, acha bonito replicar hábitos odiosos.

E também, mesmo sendo um homem erudito, ACHA LINDO FALAR ERRADO!

Fico me perguntando o porquê! Afinal, pensemos:

Quem constrói o vernáculo é o povo. CORRETO! Devido às influências de diversas nações, etnias e culturas, tanto aborígenes quanto alienígenas torna-se terrivelmente complicado referir-se à FORMA CERTA DE FALAR.

É totalmente NATURAL alguém que deixou de estudar por qualquer motivo que seja, falar de forma diferente da norma padrão. Tranquilo, e é mais que natural, chega a ser LINDO!

Lindo sim, porque é espontâneo! Se conversa com a pessoa e os olhos dela brilham, é a forma correta DELA de falar!

Mas quando se faz qualquer coisa de forma forçada, é verdadeiramente IRRITANTE!

E eu estava falando a respeito de obter sucesso na vida, felicidade, coisas assim... E meu tio, com sua negatividade de gato, sempre contradizendo coisas alegres, dizia:

- Mas dentro da FAMYA... Blá, blá, blá... Mas dentro da FAMYA... Blá, blá, blá... Mas dentro da FAMYA... Blá, blá blá...

Eu me aperreei logo e soltei:

- E nossa família é referência pra PORRA NENHUMA!

E aí todos os três tomaram um choque!

- Como assim? Perguntou o alemão, marido de minha prima. Prossegui:

- A gente é descendente de pretos escravizados, índias CAÇADAS no mato e mercenários europeus! A gente do nosso sangue nunca soube o que é ser FELIZ! Nenhum de nós nunca esteve no topo, sempre debaixo dos sapatos de alguém! NOSSA FAMÍLIA É REFERÊNCIA PARA O QUE?

Nasceu um silêncio mortal.

A primeira forma de escravizar a mente de alguém é convencê-la de que ela está sozinha no mundo e que ninguém fora da cela, onde está, vai acolhê-la de qualquer forma que seja.

Criar a ilusão de que a solidão é real é a primeira forma de fazer com que o escravo fique dentro da senzala, porque:

- Aqui, (mesmo que desgraçadamente e infeliz) você tem comida, roupa lavada, e um teto sobre sua cabeça! Você é um ingrato!

O processo escravizatório é cruel, mais pelo que ele faz com a mente das pessoas e é REPLICADO de geração em geração, do que pelo que foi feito fisicamente com os povos no nosso continente.

Hoje eu compreendo minha mãe, minhas tias, minha avó. Mas também entendo que elas estavam erradas.

AMIGOS EXISTEM! E sempre tem um bom amigo procurando um outro.

Eu mesmo encontrei!

Graciliano Tolentino
Graciliano Tolentino
Enviado por Graciliano Tolentino em 16/01/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários