Escrivinhando... - Graciliano Tolentino
Vez em quando eu sinto, em meus sonhos, o cheiro daquela terra gostosa...
CapaCapa
TextosTextos
E-booksE-books
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

O REI LEÃO E AS HIENAS
-Crônica do dia 30-12-2018-

Hienas são animais comedores de carniça que adoram atacar seres frágeis ou, quando ainda assim são impossíveis de serem caçados, eles comem a carniça do que os Leões deixam.

Existem seres assim na sociedade, e conhecemos diversas deles.

Os chamados NERD's, conhecem bem essas pessoas, que comem carniça e vivem rindo e zombando do talento, do intelecto e da beleza alheias.

Todas as pessoas que fogem ao comum, são os alvos principais destes seres nefastos.

O cara que tá comendo ovo frito no "óleo diesel" todos os dias, e também só abastece a casa porque têm doação, e VIVEM ZOMBANDO DA VIDA ALHEIA.

E o pior, as pessoas hienas têm em sua compreensão que são tão superiores aos leões, mesmo vivendo na carniça, cheio de pulgas e carrapatos.

E se sentem muito espertas por comer a carniça que as pessoas-leão deixam com pena, para que estes animais sobrevivam, tamanha a nobreza do leão.

É diferente de a pessoa passar por algum tempo precisando de ajuda. Afinal, a vida é imprevisível, jamais sabemos o que ocorrerá no nosso destino, por mais certo que ele pareça.

Por vezes somos o filho do rei com o trono garantido.

Por vezes somos o filho do rei, exilado, com o pai assassinado em uma estratégia funesta.

Mas, quando somos bons, sempre aparecem anjos no caminho que vão nos salvar dos urubus e nos ensinar o Hakuna Matata.

Hoje, sei bem, na prática, o que isso significa.

E hoje entendo muito bem esta cena de Simba se divertindo despreocupadamente, e, derrepente, ele é atacado pelas hienas, que zombam dele quando ele tenta se defender, acuado.

Já me vi nele.

Ontem vi a mãe de minha filha em uma chamada de vídeo com ela dizendo à Zaphyrah:

- Fale com o pai aqui filha!

Era a hiena com a qual ela se juntou que utiliza minhas meninas como o "POTINHO DE OURO" deles.

Peguei o celular da mão de minha filha, delicadamente, e ele estava na tela sorrindo.

Olhei fundo nos olhos dele, ele sequer consegui OLHAR para mim.

Desmanchou o sorrio, olhou-me amedrontado, baixou a cabeça e saiu da tela, passou o celular para a ela.

Foi quando eu comecei a falar à mãe dela, com bastante firmeza:

- O que você está fazendo, é ALIENAÇÃO PARENTAL. Você está fazendo mal a ela. Eu detenho o pátrio poder, e vocês dois vão parar de usurpar o que é meu por mérito!

Continuei:

- E vocês vão deixar de se sustentarem com o meu suor e o suor de meu pai!

Ela também não suportou meu olhar, nem MINHA VOZ.

E desligou...

Ela estava manipulando a menina hà dois dias para ir embora sem ver os fogos de artifício na praia.

Faz dois dias que a menina não sai pra ver o sol, TEM MEDO de tomar banho e fica o dia inteiro deitada com a cabeça coberta, e, aos SETE ANOS DE IDADE, USA FRALDAS!.

A "hiena-macho", pra se vingar de mim, desconheço o motivo, afinal, come da carniça que eu deixo, PEIDA NA CARA DAS MINHAS FILHAS E JOGA BARATAS VIVAS NELAS!

Nos dois primeiros dias comigo, acordava de sobressaltos no meio da noite, gritando:

- NÃO JEFERSSON!

Os lindos cabelos longos das minhas duas princesas, que com tanto zêlo foram cuidados por minha mãe, FORAM CORTADOS porque as crianças pegaram piolho na escola, quando havia dinheiro para comprar remédios.

Pior, foram cortados por ela própria! QUE NUNCA FEZ UM CURSO DE QUALQUER COISA NA VIDA!

Já vivi meu papel de Simba.

AGORA VIVO O DE REI LEÃO!

ESSE REINO DE TERROR ACABA AQUI! EU VOLTEI!

Graciliano Tolentino
Graciliano Tolentino
Enviado por Graciliano Tolentino em 03/01/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários