Textos

APERTO DA SAUDADE

-Soneto do dia 30-12-2018-

Sabe quando aquele aperto bate
Um aperto de dor de saudade
Esse que dói mesmo com vontade
Tipo fera que pega e não late

É assim mesmo agora, tão longe
Ainda bem que eu sei de onde
Que é só do lugar, o coração tá junto...

E em conjunto pulsa com fervor
De tamanho grau puro de amor
Que este encanta sempre por louvor

Uma dor no peito que não sentia
Já há tanto tempo nem lembrava
Já que encontrei o amor que sonhava
Melhor mesmo é doer com alegria!

Graciliano Tolentino
Graciliano Tolentino
Enviado por Graciliano Tolentino em 03/01/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr